18/03/2013

Material que repele a maioria dos líquidos

18/03/2013 às 18:44:00

A descoberta feita por pesquisadores da Universidade de Michigan pode revolucionar o mundo dos materiais impermeáveis e resistentes à água.

"Um time de engenheiros da Universidade de Michigan criou uma espécie de "nanocapa", da dimensão de uma minúscula gotícula de água, que consegue repelir quase todos os tipos de líquido que entram em contato com a sua superfície. Criando uma superfície que é formada por quase 95% de ar, a capa chamada "Superomniphobic" simplesmente leva a um patamar totalmente novo o conceito de impermeabilidade.
Depois da apresentação do material, as possibilidades de criação de novos materiais impermeáveis e à prova de água ficaram muito mais interessantes. Por outro lado, roupas com resistência altíssima a manchas e vestimentas de segurança, que oferecem proteção contra produtos químicos altamente corrosivos e tóxicos, também podem entrar no hall de coisas a usar o novo material — sem falar em telas touchscreen, que não acumulam as incômodas marcas de impressões digitais.

A novidade é feita de uma mistura de partículas de plástico emborrachado, de nome químico polidimetilsiloxano (PDMS), com cubos de nanoescala resistentes a líquidos, contendo carbono, fluorinas, silicone e oxigênio. Para que a capa seja aplicada a superfícies, utiliza-se uma técnica chamada de electrospinning, na qual uma carga elétrica é utilizada para transformar partículas em sólidas a partir de substâncias líquidas."

Um tempo antes de ver essa notícia eu vi esse vídeo:


Não sei qual dos dois é mais antigo e também não consegui descobrir se os dois usam exatamente a mesma tecnologia. O importante é que o Ultra-Ever Dry já está disponível no mercado e é muito eficiente. O vídeo serve também para ter uma pequena noção dessa inovação tecnológica!

Via: Químico Estudante
Lucas

Tem vinte e um anos de idade e é o idealizador e designer do Química Suprema. É entusiasta na área de Divulgação Científica com ênfase nas Ciências Químicas e Farmacêuticas. Possui noções de linguagens de programação, e entende de Design Gráfico e manuseio de programas de edição. Em 2013 cursou Licenciatura em Química e em 2014 resolveu trocar para o curso de Farmácia. Estuda na UFF.


COMENTÁRIOS :

 
Mostrar/Ocultar