30/03/2013

Perguntas do Facebook #1

30/03/2013 às 12:40:00

Essas perguntas abaixo foram feitas no grupo fechado do Química Suprema no facebook. Em breve será criado um grupo aberto onde todos poderão solicitar participação.

Pergunta 1:

A graxa é um derivado do petróleo. Ou seja, é praticamente inteiramente constituída por hidrocarbonetos (átomos de carbono e hidrogênio). Dependendo da empresa ou do tipo de graxa podem existir ingredientes 'extras' ou pode sofrer determinadas modificações p/ seus respectivos fins.

Abaixo tem uma imagem do refino de petróleo e eu acredito que a graxa se encontra no grupo 2, dos óleos lubrificantes:


Bom, a graxa é resistente à água, não se mistura a ela; é apolar. Então, o que precisamos é de uma substância também apolar pra ajudar na retirada da mancha. Então um jeito de limpar é colocar detergente em cima da mancha e deixar agir por +/- 20 minutos, depois esfregue e lave normalmente.

Outra maneira que eu encontrei é passar manteiga ou margarina sobre a mancha e esfregá-la até que a graxa desgrude por completo do tecido. Depois limpe toda a gordura e graxa com detergente e lave normalmente. Essa opção é mais eficaz.

Pergunta 2:

O post especial de como tirar algumas manchas vai ter que esperar um pouco. Esse post vai dar um certo trabalho e vai requerer um certo tempo pra ficar pronto. Mas, respondendo a sua pergunta:

O processo artificial é o mesmo pros dois. No processo é retirado o oxigênio tanto da água quanto do refrigerante e é injetado gás carbônico. No caso, o líquido precisa ser resfriado p/ absorver o gás. Gases a baixas temperaturas têm menor movimento molecular. Isso torna mais fácil agregá-los ao líquido em questão.

Mas existe um processo natural pra isso... A água carbogasosa ou carbonatada surge do aquecimento subterrâneo. É comum que essas regiões onde isso acontece coincida com áreas vulcânicas. Nesses locais, os condutos de magma atravessam as rochas até alcançarem os aquíferos. O calor intenso quebra as moléculas dos minerais contidos na água, liberando vapores e incorporando os gases ao líquido.

Existe ainda outra possibilidade: O gás carbônico também pode ser formado pela oxidação da matéria orgânica presente no aqüífero.

De qualquer forma, muitas águas gasosas naturais podem apresentar teor de gás carbônico baixo para as convenções comerciais e, nesse caso, recebem artificialmente um reforço de CO2.
Lucas

Tem vinte e um anos de idade e é o idealizador e designer do Química Suprema. É entusiasta na área de Divulgação Científica com ênfase nas Ciências Químicas e Farmacêuticas. Possui noções de linguagens de programação, e entende de Design Gráfico e manuseio de programas de edição. Em 2013 cursou Licenciatura em Química e em 2014 resolveu trocar para o curso de Farmácia. Estuda na UFF.


COMENTÁRIOS :

 
Mostrar/Ocultar