26/08/2013

Palito de Fósforo?

26/08/2013 às 03:01:00

A cabeça do palito é feita de fósforo, certo? Errado. Essa é uma visão que as pessoas adquirem no decorrer da vida e existem até certos professores que acabam ensinando isso de maneira equivocada.

Pra começar a falar sobre esse assunto, é importante rever o conceito de alotropia. Alotropia é um fenômeno que ocorre quando um mesmo elemento químico tem a propriedade de formar mais de uma substância simples. Essas variedades alotrópicas podem se diferir devido ao número de átomos do elemento que estão ligados numa molécula ou devido ao arranjo dos átomos.

O fósforo (P) é um dos elementos que possuem variedades alotrópicas (cerca de 10), sendo que as mais comuns são o fósforo branco e o fósforo vermelho. Esses dois alótropos do fósforo se diferem não pelo arranjo espacial diferente, pois ambos são constituídos basicamente de moléculas tetraédricas, porém a quantidade de átomos do fósforo é "diferente" em cada uma.

  • Fósforo branco:
A fórmula molecular do fósforo branco é P4, o que significa que suas moléculas são formadas por quatro átomos de fósforo arranjados de forma tetraédrica.

Esse tipo de fósforo é extremamente reativo, em grande parte devido à tensão dos ângulos de 60º entre suas ligações. Ele é tão reativo que precisa ser guardado na água para não entrar em contato com o ar e explodir. Deve-se ter muito cuidado ao manipulá-lo, pois ele causa queimaduras graves na pele e intoxicação caso seja ingerido (apenas 0,1 g de fósforo branco ingerido pode levar à morte).

Organização das moléculas de fósforo
no fósforo branco.

    Fósforo branco armazenado em água
    para não entrar em contato com o ar.


  • Fósforo vermelho
O fósforo vermelho não apresenta estrutura determinada, mas existem evidências de que ele se trata de macromoléculas formadas pela ligação das estruturas tetraédricas mencionadas (P4), sendo representadas por Pn.
Organização das moléculas de fósforo no fósforo vermelho, comparando
com a anterior, percebe-se a ligação entre as moléculas.
    Fósforo vermelho em pó.
  • Os palitos de fósforo
Finalmente, depois de todo esse papo químico, podemos falar sobre os palitos de fósforo. O fósforo vermelho não se encontra na ponta do palito de fósforo e sim, na parte áspera da caixa. Na ponta do palito (a parte vermelha ou preta) nós temos clorato de potássio, responsável por liberar oxigênio para manter a chama acesa, e o palito é revestido por uma camada de parafina. Na caixa, temos sulfeto de antimônio, Sb2S3, e trióxido de ferro, Fe2O3, para gerar atrito, e o fósforo, para produzir calor intenso. Quando riscamos o palito na caixa produzimos uma faísca que em contato com o clorato de potássio libera muito oxigênio que reage com a parafina gerando uma chama que consome o palito de madeira.

Referências bibliográficas:

Lucas

Tem vinte e um anos de idade e é o idealizador e designer do Química Suprema. É entusiasta na área de Divulgação Científica com ênfase nas Ciências Químicas e Farmacêuticas. Possui noções de linguagens de programação, e entende de Design Gráfico e manuseio de programas de edição. Em 2013 cursou Licenciatura em Química e em 2014 resolveu trocar para o curso de Farmácia. Estuda na UFF.


COMENTÁRIOS :

 
Mostrar/Ocultar