27/12/2013

O mito do Espinafre

27/12/2013 às 21:54:00

O espinafre é uma erva daninha e é considerada uma planta rasteira comestível. O espinafre-verdadeiro (Spinacia oleracea) é amplamente produzido e consumido na Europa e nos Estados Unidos e é originário da Ásia. Já o espinafre-da-nova-zelândia (Tetragonia tetragonoides) é obviamente originário da Nova Zelândia e é o tipo de espinafre mais consumido no Brasil.

O espinafre ficou bastante conhecido com o desenho do Popeye, o marinheiro que se alimenta da hortaliça e fica forte o suficiente para derrotar todos os seus adversários. Contrariando a crença popular criada pelo desenho, o espinafre não deixa ninguém forte como o Popeye. Essa “força” seria caracterizada por uma suposta grande quantidade de ferro presente na hortaliça.

A função do ferro no corpo limita-se quase que exclusivamente ao transporte de oxigênio no sangue por intermédio da hemoglobina existente nos glóbulos vermelhos. E como a energia que os músculos usam vem do sangue e o espinafre tinha supostamente tanto ferro; comê-lo faria você transportar oxigênio de uma maneira mais eficiente, fazendo você tirar o máximo proveito da energia do seu sangue e consequentemente faria você ficar mais "forte".

Entretanto, o espinafre não contém uma grande quantidade de ferro como se imaginava. O que houve foi uma confusão envolvendo o Doutor americano E. Von Wolf, em 1870. Ao analisar a hortaliça, o pesquisador colocou a quantidade de ferro presente no espinafre de uma forma errada, omitindo uma vírgula no número da composição, passando, assim, a ideia de que o espinafre tinha uma quantidade de ferro dez vezes maior do que ele, de fato, possuía. Somente em 1937, através de pesquisas de químicos alemães, esse mito foi por água abaixo. No entanto, o desenho animado do marinheiro já fazia sucesso, uma vez que foi estrelado antes, em 1933.

Além de não possuir uma grande quantidade de ferro, o espinafre apresenta uma substância denominada ácido oxálico, que impede a absorção do ferro e de outros minerais pelo organismo.

Entretanto, a hortaliça não deve ser abolida da alimentação de ninguém. O espinafre possui substâncias antioxidantes, responsáveis por bloquear as substâncias causadoras de câncer. Além disso, possui grandes quantidades de vitamina A e C, além da substância folato, importante para gestantes, uma vez que a mesma ajuda a prevenir defeitos neurológicos no bebê.

Fontes: Brasil Escola, Só Química e Nerdologia.
Lucas

Tem vinte e um anos de idade e é o idealizador e designer do Química Suprema. É entusiasta na área de Divulgação Científica com ênfase nas Ciências Químicas e Farmacêuticas. Possui noções de linguagens de programação, e entende de Design Gráfico e manuseio de programas de edição. Em 2013 cursou Licenciatura em Química e em 2014 resolveu trocar para o curso de Farmácia. Estuda na UFF.


COMENTÁRIOS :

 
Mostrar/Ocultar